O que a Bíblia diz sobre o Ateísmo

O que a Bíblia aborda sobre o ateísmo

A princípio parece que a maioria das pessoas que encontramos, que não acreditam em Cristo, e consequentemente não acreditam em Deus de forma alguma. Dessa maneira vemos que esse tipo de pessoa tem duas opções.

  • Em primeiro lugar – Estejam abertos para ouvir mais;
  • Em segundo lugar – vivam mais na esfera fechada do ateísmo, ou seja, não abertos para receber a palavra do Evangelho.

Sendo assim podemos nos voltar às Escrituras para ver exemplos de como as pessoas dialogavam com aqueles que não creem em Jesus.

Pela misericórdia de Deus, geralmente encontramos o caso oposto nas Escrituras. Na maioria das vezes, no Antigo e no Novo Testamento, encontramos pessoas ou grupos de pessoas que adoram um panteão de deuses. Nesse sentido parece que uma grande parte do ministério de Paulo aos gentios envolve ele falando sobre o único Deus verdadeiro que se opõe às muitas divindades que um grupo de pessoas adorava ( Atos 17:23 ).

O que a Bíblia diz sobre ateísmo

Então, as Escrituras permanecem em silêncio quando se trata de ateísmo? Temos algum exemplo de como dialogar bem com alguém que pode não estar aberto a ouvir a palavra de Deus e que não acredita em Deus?

O que é ateísmo?

Certamente o termo parece bastante simples em suas raízes.

  • A – Vem da forma grega de “sem”;
  • teísmo – (de theos) significa Deus. Em outras palavras significa uma crença sem Deus.

Mas, como cristãos, muitas vezes, ao acaso, agrupamos todos os ateus em um grupo. Da mesma forma que as pessoas colocaram o mormonismo, as Testemunhas de Jeová e o cristianismo no mesmo grupo.

O ateísmo, de certa forma, é uma religião e, como a maioria das religiões, tem vários ramos, desvios ou denominações diferentes.

Embora não possamos mergulhar em todas as variantes do ateísmo, iremos destacar algumas abaixo.

Primeiramente, temos aqueles na fronteira do ateísmo conhecidos como agnósticos. Essas pessoas realmente não sabem se Deus existe ou não. Alguns são mais abertos à ideia do que outros.

Então dessa forma temos ateus gnósticos que, sem qualquer dúvida, acreditam que nenhum deus existe.

A maioria das pessoas que se enquadram nesses campos adotou um tipo de ateísmo casual. Eles podem não se preocupar muito com questões teológicas. Alguns analisaram argumentos filosóficos para formar sua visão de mundo. Outros acreditam em uma religião que não requer uma divindade, como o budismo.

Assim também temos alguns ramos do ateísmo dogmático. Sim, com toda certeza até os ateus têm ramos evangélicos.

Anti-teísta

A primeira dessas categorias, é anti-teísta. Esses ateus têm uma aversão particular por religião e organizações religiosas, incluindo organizações religiosas ateístas.

Então temos os ateus evangélicos, que tentam evangelizar sua mensagem de ateísmo e convencer outros a se converterem às suas crenças.

E em segundo lugar, temos um dos ramos mais extremos: o ateísmo militante.

Ateísmo Militante

Essas pessoas tentam ativamente derrubar organizações religiosas, especialmente organizações religiosas com a fé em Deus.

Então, quando encontramos um amigo ateu, precisamos descobrir a qual “denominação” ele pertence antes de iniciar uma conversa com ele sobre questões teológicas.

A Bíblia aborda o ateísmo?

A saber a Bíblia pode não conter muitas histórias sobre pessoas que não acreditam em Deus, visto que muitas pessoas acreditavam em um poder superior durante os tempos do Antigo e do Novo Testamento, mas temos alguns versículos que discutem o ateísmo.

Por exemplo, o Salmos 14: 1 diz: “Diz o insensato no seu coração: Não há Deus.” Isso significa que às vezes durante o reinado de Davi existiam indivíduos que não acreditavam em uma divindade.

O que a Bíblia diz sobre ateísmo

Temos evidências de Platão de que o ateísmo estava vivo e bem no século IV aC, quando os gregos tinham muitos deuses para escolher e adorar.

Também vemos um aviso sobre como abordar o dogma filosófico, uma marca registrada do ateísmo, em Colossenses 2:8.

O que a Bíblia diz sobre ateísmo

Antes de mais nada o ateísmo não surgiu espontaneamente durante o Iluminismo. Todavia se alguém fosse um politeísta nominal que adorava os deuses como parte de sua cultura ou, um outro exemplo mais contemporâneo, quando alguém vai à igreja porque é algo que sua família sempre fez, apesar de não acreditar em Deus. Com toda certeza ali está o ateísmo, portanto vemos que o ateísmo persisti ao longo dos séculos.

Também devemos ter em mente que a Bíblia não diz: “Quando você se aproxima de um budista, aqui está o que você deve dizer a ele” ou “Use esses argumentos quando encontrar um ateu”.

De certo isso vai contra o propósito das Escrituras. As Escrituras iluminam as boas novas de Cristo e nos encorajam a falar a verdade com mansidão e respeito (1 Pedro 3:15).

O que a Bíblia aborda são as pessoas que se perderam no caminho largo (como Saulo / Paulo, por exemplo) e como Deus as redime. Deus não precisa que lutemos por ele, mas precisa que conheçamos as suas Escrituras e estejamos preparados para falar sobre ela.

Como posso falar com um ateu sobre Deus?

Novamente, uma seção de um artigo não cobre quase toda a extensão deste tópico.

Em primeiro lugar, sugiro que você descubra a qual denominação seu amigo atribui. Isso determinará suas ações daqui para frente. Eles têm uma visão mais aberta / agnóstica de Deus ou vão para o outro extremo, onde querem ver igrejas queimando?

Confie em que Deus pode abrir os olhos e o coração de qualquer homem.

Continue a orar por seu amigo e mantenha o diálogo o mais aberto possível, e não somente isso, mas mostre que você respeita as suas opiniões e ouça tanto quanto você fala.

Além disso, prepare-se para alguns dos argumentos mais comuns contra o Cristianismo. Muitos ateus os terão em mãos. E muitos ateus acreditam que os cristãos não sabem realmente o que fazem quando se trata de defender a sua fé. Portanto, não entre na conversa pronto para converter se você não conhece o fundamento básico da fé que possui.

E saiba que às vezes Deus nos usa para plantar uma semente. Talvez você não seja o único a convencê-los do caso do Cristianismo, mas você pode abrir sua mente para as possibilidades da existência de um Deus bom e poderoso.

Sempre que você for falar com um ateu, ore para que Deus tempere suas palavras com sal e que você seja conduzido pelo Espírito Santo, para que possa trata-lo com a maior gentileza e respeito.

teólogos corrêa

Teólogos Corrêa fundadores da "Teologia Com Qualidade" traz os melhores cursos de Teologia do modo livre além de deixar você atualizados com o "Blog Da Verdade" e mais de 100 livros em pdf para você fazer o seu download.

Deixe uma resposta

Este post tem 5 comentários

  1. Avatar
    Paulo

    infelizmente a incredulidade está aumentando

  2. Avatar
    Erica

    Muito boa a matéria aprendi mais sobre os tipos de ateísmo

  3. Avatar
    Salvador

    O destino deles já estão traçados pois sem Cristo não existe vida

  4. Avatar
    Margarida

    Apenas Deus pode converter esses corações

  5. Avatar
    Theodoro

    Realmente esse é o fim do Mundo como diz a bíblia que a apostasia iria crescer